Autismo leve: saiba tudo sobre o assunto

Hoje em dia se fala bem mais sobre o autismo, não que antigamente não existissem pessoas com autismo, mas hoje se fala bem mais. Qualquer pessoa consegue pesquisar qualquer assunto rapidamente, inclusive sobre o autismo leve. Antes de falar sobre o esse assunto , vamos entender um pouco sobre o autismo e quais são as suas características.

Criança brincando com blocos, característica de crianças autistas

O que é autismo

O autismo, é um transtorno que afeta as habilidades sociais e de comunicação, sendo assim, no Brasil hoje existem cerca de 2 milhões de autistas. Este número está de acordo com a pesquisa do CDC (Center of Deseases Control and Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos. Essa pesquisa afirma que existe um caso de autismo para cada 110 pessoas. O autismo não era tão conhecido como hoje em dia, os pais antigamente escondiam os seus filhos, com medo das pessoas.

O que é autismo leve

O autismo leve, na verdade não é um nome correto para o autismo pois hoje se usa o termo TEA (Trantorno do espectro autista)

Quais os sinais e sintomas do autismo leve

Os sintomas característicos do autismo leve podem abranger uma destas 3 áreas:

1. Problemas na comunicação

Um dos sinais que pode indicar que a criança tem autismo é ter problemas em se comunicar com outras pessoas, como não conseguir falar corretamente, dar uso indevido às palavras ou não saber se expressar utilizando palavras.

2. Dificuldades de interagir com outras pessoas

Outro sinal muito característico do autismo é a existência de dificuldades para socializar com outras pessoas, como dificuldade para fazer amigos, ou manter uma conversa ou mesmo olhar as outras pessoas nos olhos.

3. Mudanças no comportamento

As crianças com autismo têm muitas vezes comportamento diferente de uma criança sem o transtorno que podemos ter como por exemplo: um padrão repetitivo de movimentos.

No geral, algumas das características do autismo que podem ajudar no seu diagnóstico são:

  • Relacionamento interpessoal afetado;
  • Riso inapropriado;
  • Não olhar nos olhos;
  • Frieza emocional;
  • Poucas demostrações de dor;
  • Gostar de brincar sempre com o mesmo brinquedo ou objeto;
  • Dificuldade em focar-se numa tarefa simples e concretizá-la;
  • Preferência por ficar só do que brincar com outras crianças;
  • Não ter, aparentemente, medo de situações perigosas;
  • Ficar repetindo palavras ou frase em locais inapropriados;
  • Não responder quando é chamado pelo nome como se fosse surdo;
  • Acessos de raiva;
  • Dificuldade em expressar seus sentimentos com fala ou gestos.

Devo enfatizar que nenhuma criança autista é igual a outra, logo o seu filho pode não ter todas essas características, mas apenas algumas. Como o autismo está dentro do TEA, nenhuma criança autista é igual a outra.